17 de maio de 2021
  • 11:38 5 de Outubro Dia Mundial do Professor
  • 18:11 A extraordinária visita de indígenas isolados a uma aldeia remota no Acre
  • 12:00 Após descartar existência de ‘Caixa 2’, STF julga se caso de corrupção deve se ‘perpetuar’ na Justiça Eleitoral
  • 10:33 Por discurso de ódio aos indígenas Bolsonaro e Funai são alvo de denúncia do MPF
  • 18:59 Parque das Tribos será beneficiado com mais de 8 Km de rede de abastecimento de água

O secretário de Assuntos Indígenas de Pacaraima, José Adalberto Silva, de 61 anos, morreu no Hospital Geral de Roraima (HGR) na quinta-feira (9) vítima do novo Coronavírus. Ele deixa sete filhos e esposa.

O prefeito do município, Juliano Torquato, decretou três dias de luto na cidade pela morte do secretário. “Que Deus conforte sua família para que possam enfrentar esta imensurável perda”, diz em nota.

José Adalberto era da etnia Macuxi e fazia parte na comunidade Enseada, na região Serras. Antes de se tornar secretário, foi tuxaua e articulador nacional das causas indígenas. Como líder, esteve na linha de frente pela defesa da Terra Raposa Serra do Sol.

O Conselho Indígena de Roraima (Cir) também publicou nota pela morte de José Adalberto, que atuou como coordenador na entidade. “Lamentamos com profundo pesar por mais essa perda para o movimento indígena de Roraima. Que Deus e o Grande Makunaimî o recebam em seus braços”, diz trecho.  

Segundo o boletim da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), com base nos dados dos Distritos Sanitários Indígenas Leste e Yanomami, já são 728 casos de índios infectados.

Entre os Yanomami, já foram registradas quatro mortes por covid-19. Os casos confirmados somam 221, sendo que 93 foram considerados curados e 124 continuam infectados pelo vírus. Ainda existem 36 casos suspeitos.

No Leste, que cuida das etnias Macuxi, Wapichana, Taurepang, Wai Wai, Ingarikó, Patamona e Sapará, há o registro de 14 mortes por Covid-19. Os casos confirmados são 507, entre eles, 109 já foram curados e 379 ainda estão infectados. Outros 11 casos são considerados suspeitos.

Fonte: Folha BV

Redação Redação

RELATED ARTICLES
LEAVE A COMMENT